Publicado em 01 Dec 2020

O cancelamento de empresas desonestas

Redação

É uma responsabilidade coletiva no que tange o cancelamento das empresas desonestas, tendo em mente que a sociedade atual está mais antenada, exigente e preocupada com a reputação das marcas que consome, disposta a disseminar informações que possam atingir diretamente a imagem de organizações que não atendam às suas exigências. A mudança por parte das empresas parte em implementar programas de compliance cada vez mais eficazes com treinamentos, controles rígidos, práticas de monitoramentos e avaliações constantes a fim de garantir uma boa conduta em todos os campos.

Eduardo Tardelli – 

Falta de iniciativas de sustentabilidade, exploração do trabalho infantil e escravo, testes em animais, assédio moral e ações preconceituosas contra colaboradores e por relações não positivas com clientes estão entre os principais problemas das organizações e, no Brasil, não poderia ser diferente. Segundo o procurador federal Paulo Roberto Galvão, o Brasil perde anualmente cerca de R$ 200 bilhões com esquemas de corrupção, fazendo com que, ano a ano, figure no Ranking da Corrupção, ocupando a 106ª posição em 2019.

Com uma imagem tão negativa do nosso país, é evidente acabarmos perdendo a credibilidade e espaços (e mil oportunidades) no mundo em termos de negócios internacionais. Por mais básico que pareça, a principal maneira de mudar essa imagem, transformando o cenário atual, é implementar uma mudança contínua no comportamento empresarial.

É uma responsabilidade coletiva no que tange o cancelamento das empresas desonestas, tendo em mente que a sociedade atual está mais antenada, exigente e preocupada com a reputação das marcas que consome, disposta a disseminar informações que possam atingir d...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica