Publicado em 29 Dec 2020

As especificações dos sprayers de irrigação

Redação

A irrigação é uma técnica milenar que tem como finalidade disponibilizar água às plantas para que estas possam produzir de forma adequada. A técnica, ao longo dos séculos, vem sendo aprimorada, chegando aos dias de hoje a sistemas pontuais, onde a água é gotejada no momento, local e quantidade correta ao desenvolvimento das plantas. Os diversos sistemas de irrigação disponíveis atualmente no mercado dão aos produtores uma moderna tecnologia de produção agrícola que, juntamente com manejo equilibrado da adubação e tratos culturais, reúnem todas as condições para que as plantas possam expressar todo o seu potencial genético de produção. Entretanto, a escolha do sistema de irrigação deve basear-se em análise técnico-econômica, levando em consideração o tipo de solo, topografia, clima, cultura, custo do equipamento e energia, qualidade de água disponível e mão-de-obra. Quando se trabalha com agricultura irrigada é importante estabelecer o momento certo de iniciar as irrigações e quanto de água aplicar a uma cultura. Estes são os princípios básicos do manejo “racional” da irrigação. Do mesmo modo, o conhecimento de solos, fisiologia da cultura, períodos críticos de consumo de água e seus reflexos na produtividade são essenciais para o bom manejo de aplicação de água. Por exemplo, em algumas plantações é essencial o uso da irrigação, para a obtenção de altas produtividades e frutos de boa qualidade e tamanho que pode ser feita por aspersão convencional e os por superfície — sulco — que, embora tenha uma baixa eficiência de aplicação de água, é ainda usado por pequenos produtores. Porém, com a diminuição do custo dos equipamentos usados na irrigação localizada — gotejamento —, principalmente das mangueiras, esse sistema vem aumentando sua área consideravelmente na região, com a vantagem de permitir produção elevada, com baixa incidência de doenças, além de possibilitar uma maior eficiência na aplicação de fertilizantes via água de irrigação. Esse sistema, de modo geral, trabalha com turno de rega ou frequência de irrigação menor ou igual a três dias, pois se caracteriza por possuir emissores de baixas vazões e por isso necessitam de mais tempo para aplicar uma determinada quantidade de água. Para a implantação de um bom sistema de irrigação, é indispensável a execução de um bom projeto, que leva em consideração o paisagismo a ser implantado, as necessidades hídricas de cada planta, as horas de radiação direta de cada microclima. Um bom sistema de irrigação deverá ter uma execução de qualidade, com equipes treinadas e sempre acompanhadas por um responsável técnico. Os sistemas de irrigação automatizados são compostos por controladores, sensores, válvulas e principalmente os aspersores, podendo ser do tipo spray, rotores, bocais rotativos, ou de gotejamento. Deve-se entender os requisitos gerais e os métodos de ensaio para os sprayers de irrigação.

Da Redação – 

A irrigação é a aplicação artificial, uniforme e oportuna de água, distribuída pontualmente na zona efetiva das raízes ou na área total, visando repor a água consumida pelas plantas, a perdida por evaporação, transpiração e por infiltração profunda de forma a garantir condições ideais ao bom desenvolvimento das plantas. Deve-se irrigar sempre que esta prática possibilitar aumento na produtividade, obtenção de produtos de melhor qualidade, com melhor preço no mercado, possibilitar safras fora de época, viabilizar culturas de alta rentabilidade onde a ocorrência das chuvas é mal distribuída e/ou onde conhecidamente ocorrem períodos de estiagens prolongados. A irrigação quando acompanhada do uso correto de outras práticas e cuidados com a lavoura, e desde que manejada corretamente, permite maior segurança e chance de sucesso da atividade agropecuária.

Um fato comprovado sobre a irrigação é que, desde a pré-história, o homem vem desviando cursos d’água para irrigar suas plantações. Foi o uso desta técnica que possibilitou o estabelecimento humano em zonas áridas e semiáridas, t...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica