Publicado em 05 Jan 2021

A avaliação e a medida de torque nos ensaios SPT

Redação

O standard penetration test (SPT) é um tipo de sondagem que visa caracterizar o solo que servirá como parte de um elemento de fundação de uma edificação. Deve-se medir a resistência de uma camada de solo de um metro medindo o número de golpes com um martelo que são necessários para penetrar trinta centímetros, o que chamamos de N. Os resultados desse ensaio são bons para solos com algum grau de resistência e são ruins quando se fala de solos moles. É um ensaio relativamente simples, o que explica tamanha difusão. Deve haver cuidado para manter a uniformidade nos golpes aplicados no solo, para não gerar erros nos resultados, quando for uma versão manual. Algumas empresas também disponibilizam aos seus clientes a possibilidade do ensaio mecanizado, onde seria menor a possibilidade de variações nos golpes. Deve-se entender o método para avaliar a quantidade de energia transferida ao conjunto de hastes devida ao impacto do martelo durante o ensaio SPT. Esta quantidade de energia permite determinar a eficiência do equipamento utilizado para a realização do ensaio. Igualmente, é importante entender o método para medida de torque máximo (Tmáx) e torque residual (Tres) em sondagens de simples reconhecimento de solos a percussão com ensaio SPT.

Da Redação – 

O ensaio SPT é realizado na base de um furo de sondagem e consiste em cravar no terreno um amostrador com dimensões e energia de cravação normalizadas (pilão com 63,5 kg de massa e altura de queda de 760mm). O ensaio é realizado em três fases com penetrações de 15cm, respectivamente. Devido à perturbação do terreno provocada pelos trabalhos de furação, desprezam-se os resultados obtidos na primeira fase. O número de pancadas necessárias para atingir a penetração de 30cm (segunda e terceira fase) define o valor de N (SPT). O ensaio é utilizado principalmente para a determinação das propriedades mecânicas dos solos arenosos. Trata-se de um ensaio expedito e pouco dispendioso e, por isso, é talvez o ensaio mais utilizado na prática para o reconhecimento das condições do terreno.

Os objetivos incluem a necessidade do conhecimento adequado do solo; descrição, classificação e origem dos elementos geológicos (cor, textura, processo formador); estratigrafia e distribuição geológico-geotécnica das camadas; estimativa da espessura das camadas de solo e/ou rochas; saber a resistência da camada investigada; posição do ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica