Publicado em 09 Feb 2021

As exigências básicas para as canaletas e eletrodutos não circulares

Redação

Os eletrodutos são responsáveis pela proteção da fiação elétrica de uma construção, seja de uma casa, uma empresa ou indústria. São tubos que abrigam os condutores – fios e cabos elétricos – e ficam escondidos dentro das paredes ou pisos, podendo ficar visíveis em alguns casos. Por isso, assim como escolher os fios e os cabos elétricos adequados, é preciso prestar atenção nos tipos de eletrodutos na hora da compra. Eles são muito importantes para ajudar na segurança e funcionamento da instalação elétrica. Os eletrodutos protegem os condutores elétricos de influências externas, como choques mecânicos – colisões – e agentes químicos que poderiam danificá-los. Além disso, eles também protegem o ambiente externo (o seu ambiente) de possíveis incêndios, que podem ser causados pela falta de isolamento da eletricidade ou durante um curto-circuito. Um sistema de eletroduto não circular (SENC) é um conjunto que compreende um comprimento de eletroduto não circular e, eventualmente, de outros componentes do sistema, que constitui um invólucro para a acomodação e a colocação de condutores isolados e cabos e, eventualmente, a acomodação de outros dispositivos elétricos. Assim, deve-se entender os requisitos e os ensaios para os sistemas de canaletas (SC) e os sistemas de eletrodutos não circulares (SENC), destinados à acomodação de condutores isolados, cabos e eventuais dispositivos elétricos e, se necessário, à sua separação para a proteção elétrica, nas instalações elétricas e/ou de sistemas de comunicação. A tensão máxima destas instalações é de 1.000 V em corrente alternada e de 1.500 V em corrente contínua.

Da Redação – 

Os eletrodutos, também conhecidos como conduítes, são os elementos de linha elétrica fechada, geralmente de seção circular ou não, que ficam dentro das paredes, lajes e pisos. Os eletrodutos têm a função de proteger os cabos contra danos externos e conter condutores elétricos isolados, permitindo colocar ou retirar os cabos. O ponto de emenda é onde ocorre a conexão de dois ou mais cabos.

As emendas podem ser feitas de diferentes maneiras como, por exemplo, para prolongamento e derivação. É importante destacar que a emenda de cabos elétricos é uma das coisas mais importantes na instalação elétrica. Uma dúvida ainda comum entre alguns profissionais dá área é em relação as emendas de cabos dentro da tubulação e do eletroduto. É muito importante que o eletricista consiga averiguar em caso de um possível problema elétrico se este ponto de emenda é a causa do problema.

Por isso as emendas sempre devem estar em caixas de passagem. Além disso, os componentes não metálicos do sistema e os componentes compostos do sistema que possam ser expostos ao calor anormal devido aos efeitos elétricos e onde a deterioraç...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica