Publicado em 16 Feb 2021

Como controlar a umidade do minério de ferro no transporte marítimo

Redação

A mineração é um setor que ocupa posição de destaque na economia nacional, tendo relevante participação na composição do Produto Interno Bruto (PIB). Os bens minerais geram emprego e ocupam espaço nas exportações brasileiras, marcadas por elevada comercialização de commodities. No segmento dos minerais metálicos, entre os quais se destaca o minério de ferro, a maior parte se destina ao mercado externo, contribuindo para a formação da balança comercial brasileira. Anualmente, milhões de toneladas de minério de ferro são transportadas por via marítima. O fenômeno da liquefação de materiais granulares consiste na transformação do estado sólido ao estado liquefeito devido a um aumento de poro-pressão da água e redução da tensão efetiva entre as partículas sólidas, decorrente da brusca aplicação de uma carga de origem estática ou dinâmica. O material granular liquefeito passa a se comportar como um líquido viscoso, já que a liquefação das cargas a granel em navios, a movimentação do navio e a vibração dos motores exercem o papel das cargas dinâmicas. Uma vez liquefeita, a pilha perde a estabilidade e se movimenta livremente no porão, acompanhando a movimentação da embarcação, sendo que o material pode vir a se estabilizar novamente, porém acumulando-se em um dos lados do porão, tornando-se um fator de desequilíbrio para o navio, que pode adernar ou inclinar e até mesmo emborcar ou virar com o casco para cima repentinamente. Os acidentes relacionados a liquefação de minérios em navios são documentados desde o início do século XX e vem tendo um aumento expressivo na taxa de ocorrência, o que levou a um maior interesse pelo assunto. Deve-se entender os procedimentos a serem adotados nos portos do Brasil para controle de umidade de cargas de minério de ferro destinadas ao transporte marítimo, em conformidade com a legislação vigente.

As principais reservas de ferro no Brasil se encontram no Pará, no município de Parauapebas, e no chamado Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, formado pelas cidades de Barão de Cocais, Brumadinho, Catas Altas, Congonhas, Itabira, Itabirito, Itatiaiuçu, Itaúna, Mariana, Ouro Preto, Rio Acima, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Gonçalo do Rio Abaixo e Sarzedo. Levando-se em conta o montante de recursos financeiros envolvidos, a mineração de ferro pode ser considerada uma das atividades minerais mais importantes na produção nacional do setor.

Além de sua participação na balança comercial, a produção de minério de ferro também mobiliza investimentos em prospecção, gera arrecadação de impostos municipais, estaduais e federais, além de royalties. O transporte marítimo de cargas a granel é regulamentado internacionalmente pela International Maritime Organization (IMO). Com objetivo de definir critérios para segurança das operações, a IMO estabeleceu em 1965 o International Maritime Solid Bulk Cargoes Code (IMSBC Code), revisado periodicamente pelo Sub-comitee on Dangerous Goods, Solid Cargoes and Conteiners.

O documento contém uma lista de ficha...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica