Publicado em 20 Jul 2021

Esteja preparado para a crise cibernética

Redação

Para gerir com eficiência uma crise é necessário ter a definição do que ela é e criar uma linguagem comum e clara, estabelecendo regras para gerenciá-la. É muito importante determinar quem serão os responsáveis dentro da organização por essas situações, criando um comitê de gestão. Esse grupo deve ser composto por funcionários que conheçam o negócio e suas atividades, os sistemas tecnológicos e gerenciais e ter habilidades como boa comunicação interpessoal, capacidade para ouvir os outros, inteligência emocional, saber trabalhar em equipe e proatividade na tomada de decisões. Todos os participantes devem passar por um treinamento com exercícios rotineiros para identificar incidentes em condições tão reais quanto possível. Afinal, lidar de forma eficaz com uma crise cibernética pode reduzir os danos e levar a organização à rápida recuperação.

Augusto Schmoisman – 

O número crescente e a complexidade dos incidentes de segurança cibernética levaram muitas organizações a desenvolverem procedimentos e habilidades para gerenciá-los. Isso inclui recursos de resposta em tempo real, capacidade tecnológica e a formação de equipes encarregadas da manutenção dos sistemas de informação.

Esses esforços, no entanto, são insuficientes quando os aspectos gerenciais, as habilidades e ferramentas exigidas não são considerados, gerando uma situação fora do controle em que a crise se torna grave, afetando outas áreas da companhia como a financeira, jurídica, além de interferir na reputação da empresa. A maioria dos incidentes cibernéticos é gerenciada por processos de rotina como, por exemplo, lidar com infecções de malware.

Os ataques graves, no entanto, podem causar danos duradouros à capacidade de funcionamento e à prestação de serviços aos clientes. Esses casos requerem, de fato, atenção especial. Um modelo eficaz que analisa o processo de gestão de uma crise posiciona o incidente no...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica