Publicado em 28 Sep 2021

O que o gambito da rainha e a estruturação ESG têm em comum

Redação

Assim como quem quer aprender as nuances do xadrez, o termo ESG (em português, ambiental, social e governança) é a pauta que vem sendo cuidadosamente discutida dentro dos diferentes setores de empresas, negócios e sociedade (principalmente investidores) para entender quais as regras do jogo, quem são os jogadores, como as peças se movimentam, quais as estratégias por trás de cada iniciativa. Em um formato simplificado, o ESG trata-se de uma organização de iniciativas que já estavam sendo realizadas (ou que deveriam, na medida do possível), principalmente pelas áreas de sustentabilidade, e traduzidas em um formato objetivo, transparente, planejado e engajado.

Max Wilson – 

Você já teve a oportunidade de jogar uma partida de xadrez? Em algum momento sentiu curiosidade em entender porque este jogo de tabuleiro consegue ser tão atual nas principais escolas de estratégia, inovação em negócios e, até mais recentemente, em uma das minisséries mais assistidas? Pois é, alguns dizem que o xadrez é uma ciência, e que o planejamento antes de movimentar cada peça é essencial se não quiser perder o jogo em minutos.

O então famoso gambito da rainha, é um jeito de começar um jogo de xadrez, trata-se de uma abertura na qual você sacrifica uma peça para tirar vantagem disso depois. No xadrez, cada jogador tem 16 peças, e cada peça tem seus próprios movimentos e importância.

O objetivo é capturar o rei inimigo dando xeque-mate. Existem ainda algumas variações que saem do convencional, em que um dos jogadores não visualiza o tabuleiro, joga mentalmente. Ou mesmo o xadrez simultâneo às cegas, em que um jogador, sem visualizar o tabuleiro, joga simultaneamente com vários jogadores ao mesmo tempo.

Assim como quem quer aprender as nuances do xadrez, o termo ESG é a pauta que vem sendo c...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica