Publicado em 28 Jul 2020

A determinação da temperatura interna do calçado

Redação

A mais importante valorização dos calçados é sem dúvida o conforto. Este conceito usado com tanta frequência tem diferentes interpretações. Geralmente confunde-se conforto e qualidade como sendo a mesma coisa. A qualidade está relacionada com aspectos tais como: qualidade dos materiais; qualidade no desenho; qualidade no processo; durabilidade, etc. Já o conceito de conforto costuma ser relacionado com os níveis de percepção, onde a maior ou menor satisfação que um calçado confere ao usuário, indicará para este, o grau de conforto. O ideal seria unir os parâmetros de conforto com os parâmetros de qualidade. Porém muitas vezes são incompatíveis. Para todos os tipos de calçado o conforto é imprescindível, independentemente de modelo, tipo de produto ou preço. O calçado casual (casual shoe) é assim denominado por ser os calçados de uso diário. São os calçados utilizados no trabalho, nas pequenas caminhadas, isto é, nas atividades que identificam o dia-a-dia das pessoas; exemplo: são os calçados abertos ou fechados e sandálias. Os esportivos (sports shoe) são convencionalmente chamados de tênis. Estes tipos de calçados foram os que tiveram o maior avanço tecnológico no que se refere aos sistemas de fabricação e quanto ao desenvolvimento de materiais. O tênis é um tipo de calçado fechado que se caracteriza principalmente por conciliar conforto, resistência e flexibilidade, permitindo desta forma uma boa movimentação do pé. Diferencia-se do calçado esportivo, pois apesar de poder ser usado diariamente, é um calçado específico para a prática de esportes. Os para caminhadas são um tipo de calçados de criação recente e reflete o apelo da moda para a saúde para longas caminhadas-como um fator de qualidade de vida. Caracteriza-se pela combinação de couro com materiais sintéticos, tendo os solados grossos destacando-se no visual do calçado. O social (dressing shoe) é usado em ocasiões em que seu usuário deve se apresentar vestido com distinção. Seu estilo e linhas normalmente são clássicos, mudando pouco ao longo do tempo. Os materiais utilizados na sua fabricação são de qualidade superior, todos naturais como pelica e couro de porco. Conheça um método para determinação da temperatura interna do calçado fechado em um ensaio de 30 min de marcha em esteira.

Da Redação – 

O sapato é um termo que provém de zabata, sendo este um vocábulo da língua turca. Um sapato é uma peça de calçado que protege o pé, conferindo comodidade e conforto à pessoa na hora de levar a cabo diferentes ações, como caminhar, correr, saltar, etc. Os sapatos dispõem de uma sola e de uma estrutura de couro, borracha ou outro material que chega até ao tornozelo. Deve-se enfiar o pé no sapato de maneira a que a planta do pé fique localizada mesma acima da sola. Em geral, os sapatos dispõem de cordões que permitem um ajuste preciso aos pés.

Eles preenchem essas funções básicas (proteção e abrigo), como também refletem um estatuto social. Os sujeitos que ocupam uma posição de poder e desejam manifestá-la, calçam sapatos bastante dispendiosos, cuja qualidade se nota à primeira vista. Os sapatos, por outro lado, são usados em contextos formais, acompanhados por certas calças, camisas e paletós.

Enquanto os sapatos do homem cobrem quase todo o pé, já os das mulheres deixam mais o pé a descoberto. Outra diferença importante é que os sapatos femininos costumam ter tacão na zona do calcanhar, fazendo a mulher parecer mais alta. Na hora de escolher um sapato adequado, deve-se sempre ter em conta várias recomendações: que seja apropriado para o uso que se lhe for a dar e o lugar onde se for usar; que se adapte ao pé; e que seja suave e transpirável.

No decorrer da história, foram criadas três formas de analisar o calçad...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica