Publicado em 13 Jul 2021

A responsabilidade da gestão de riscos e o modelo das três linhas

Redação

No processo de gerenciamento de riscos e controles, todos na organização devem ter papéis e responsabilidades definidos e as Três Linhas separam as áreas, funções e profissionais para que executem suas atribuições de forma coordenada e para que haja mais clareza de como seus cargos se encaixam nesse processo. Assim, para uma efetiva gestão de riscos é fundamental a atribuição adequada de responsabilidade, bem como um processo efetivo de monitoramento, cooperação, comunicação e informação.

Luciana Barragan e Andrea Muniz de Araujo

A gestão de riscos é um processo que requer a participação de todos, não há como pensar nisso sem que todos da empresa compreendam suas responsabilidades. Nesse sentido, vamos discutir o Modelo das Três Linhas divulgado pelo Institute of Internal Auditors (IIA) que tem como objetivo estabelecer papéis e responsabilidades de forma clara e coordenada no processo de gerenciamento de riscos e controle, buscando maximizar os resultados e a minimizar falhas e desperdício de recursos na organização.

Em 2013 surgiu a primeira publicação do IIA sobre o modelo das três linhas de defesa e, em 2020, uma atualização significativa no modelo alterou seu nome, trazendo uma abordagem mais moderna, tendo em vista o número crescente de organizações com complexidades diversas, bem como os riscos emergentes que vêm enfrentando.

No processo de gerenciamento de riscos e controles, todos na organização devem ter papéis e responsabilidades definidos e as Três Linhas separam as áreas, funções e profissionais para que executem suas atribuições de forma coordenada e para...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica