Publicado em 30 Mar 2021

A qualificação e a certificação dos vidraceiros

Redação

Um vidraceiro corta e comercializa vidros, espelhos, cristais, peças de arte feitas em vidro, etc. Normalmente, trabalha em uma vidraçaria que, dependendo do interesse do empreendedor, também pode realizar trabalhos específicos de jateamento, laminação e pintura. Esse segmento permite uma linha com grande variedade de produtos, que abrange desde o vidro de utilização mais comum, até vidros especiais, como é o caso dos vidros blindados. O vidro se tornou um elemento indispensável para compor esses projetos de forma harmônica e com uma infinidade de variações estéticas. Utilizado para as várias funções na ambientação de casas, escritórios e lojas comerciais. O negócio de vidraçaria está relacionado à ambientação com conforto, funcionalidade e beleza. O crescimento do mercado nacional de vidros planos, muitas vezes com taxas superiores ao desenvolvimento do país, além de criar um parque de oportunidades, torna o mercado muito mais competitivo. Isto faz com que as vidraçarias tenham que se profissionalizar para poder enfrentar a concorrência e ofertar ao seu público produtos e serviços com maior valor agregado. Já um vidraceiro deve assumir diversas funções, que vão desde a venda a instalação de fato, passando pela especificação e transporte dos vidros. Além disso, dentro do quesito instalação, há diferentes especialidades que um vidraceiro pode ter em obras como guarda-corpo, envidraçamento de sacada, fachadas de vidro, etc. Como o vidraceiro trabalha diretamente com vidro, é muito importante que ele conheça muito bem o material que está manuseando. Ele também deve saber quais as aplicações de cada vidro e tudo sobre as normas técnicas de instalações, por isso ele é capaz de avaliar o seu espaço e saber indicar o melhor vidro a ser aplicado, além de prevenir futuros riscos da instalação. O vidraceiro também pode indicar problemas em vidros já instalados em residência ou em lojas e fazer a manutenção desses lugares de acordo com a sua experiência. Deve-se entender o perfil profissional de vidraceiros que trabalham em vidraçarias ou de forma autônoma.

Da Redação – 

Nos últimos anos houve uma explosão na produção e no número de indústrias processadoras de vidros no Brasil. O consumo per capita chegou próximo a dez quilos e o transformado, incluindo o automotivo, representa 2/3 desse total. Hoje o país possui quase quinhentos processadores cobrindo todo o território nacional, oferecendo ao mercado um amplo portfólio de soluções em vidro, em grande quantidade e alta qualidade. No entanto, o momento é de ajustes e os fatores que promoveram esse crescimento acelerado não estão mais presentes. Estamos vivendo um período de economia conturbada, com forte retração de consumo. A tendência é que o setor se mantenha estagnado enquanto não acontecer a retomada da construção civil e do setor automotivo.

A fim de dimensionar esse mercado, o empreendedor deverá pesquisar os indicadores econômicos e sociais da região em que pretende abrir a empresa. É essencial que se analisem alguns índices como: tamanho da população, população economicamente ativa, índice de potencial do consumo, índice de desenvolvimento humano, etc.

O estudo dos clientes é uma das etapas mais importantes na...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica