Publicado em 12 Jul 2022

Evitando as infecções com as superfícies antimicrobianas de cobre e suas ligas

Redação

As ligas de cobre são as ligas metálicas que contêm cobre e outros elementos em sua composição e os elementos de liga mais comuns são Be, Mg, Mn, Fe, Ni, Zn, Al, Si, Sn e P. Antimicrobiana é a propriedade de determinadas substâncias, químicas ou físicas, de eliminar micróbios (ação dinâmica) ou impedir o seu crescimento (ação estática). Uma substância bactericida e/ou microbicida elimina bactérias e/ou micróbios e uma substância bacteriostática impede o crescimento de bactérias. A infecção relacionada à assistência à saúde (IrAS) é aquela adquirida a partir da internação do paciente, manifestada durante a internação, ou depois da alta, quando pode relacionar-se com a internação ou procedimentos realizados durante sua estadia hospitalar, bem como obtida em outros cenários como: ambulatórios, assistência médica domiciliar, instituições de longa permanência, clínicas odontológicas, etc. Os pacientes em unidades de terapia intensiva (UTI) correm maior risco de IrAS devido à gravidade de sua doença, sistema imunológico comprometido, maior frequência de procedimentos invasivos, maior necessidade de equipamentos médicos portáteis e sua interação frequente com os profissionais de saúde. A implementação de estratégias adicionais para reduzir a contaminação bacteriana, além das práticas padrão de controle de infecção, pode reduzir a exposição do paciente a patógenos, melhorar os resultados do paciente e diminuir os custos de assistência médica associados às IrAS. Tais estratégias podem ser particularmente benéficas para pacientes agudamente vulneráveis à infecção, como aqueles na UTI. Por isso, deve-se entender os requisitos e os métodos de ensaio para as superfícies antimicrobianas de cobre e suas ligas, utilizadas nas instalações odonto-médico-hospitalares.

Da Redação – 

As superfícies feitas de cobre e ligas de cobre oferecem uma nova abordagem para reduzir a contaminação bacteriana, transmissão e taxas de risco de infecções associadas à assistência médica. O cobre metálico demonstrou ter atividade antimicrobiana intrínseca e contínua de amplo espectro. Embora o uso de cobre puro resulte na morte mais rápida de patógenos, muitas de suas ligas que consistem em pelo menos 60% de cobre (incluindo latão e bronze) também são eficazes e oferecem uma variedade de propriedades aprimoradas, como resistência, durabilidade, várias cores, e resistência a manchas.

Denominadas cobre antimicrobiano, as superfícies fabricadas a partir de cobre e suas ligas destinam-se a fornecer a ação antimicrobiana suplementar entre os períodos de limpeza de rotina de superfícies ambientais ou de toque. A maioria dos detergentes e desinfetantes hospitalares não afetará a eficácia do cobre antimicrobiano, com exceção dos produtos que contêm quelantes de íons metálicos, como o ácido etilenodiaminotetracético.

Os testes de laboratório mostraram que as superfícies antimicrobianas de cobre matam 99,9% ...

Artigo atualizado em 12/07/2022 12:11.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica